sábado, 24 de abril de 2010

O conflito

Não importa o quanto você faça.
Nunca será o suficiente.
É a verdade de cada um.
É o que cada um sente.
E se não tem equlíbrio.
Tem o conflito.
E quem assiste vira as costas e vai embora.
E o conflito fica.
Até que acaba.
Acaba até a próxima vez.
Até a próxima oportunidade.
Até...

3 comentários:

Anna Paula disse...

Enquanto fala-se em conflito.....
Prefiro falar em compreensão.
com.pre.en.são = ação de compreender, faculdade de PERCEBER, ato de ENTENDER os sentimentos e o que importa a alguém.

Pena não ser simples assim...
mas falar sobre compreender sem reflexão, só nos leva ao mais do mesmo.... ou seja, a simplesmente esperar passar....
Baruch Spinoza disse a respeito: "Não rir, nem lamentar-se, nem odiar mas compreender."
Essa deve ser a idéia!

O resto é só pra vc!!

Arte e Prosa disse...

Acho que o conflito não acaba. Surge outro. Apenas deslocamos o foco.

Beijão e parabéns pelo blog.

Fabiano Marques disse...

Olha.....sou um pobre filósofo de botequim. mais bêbado do que filósofo, é verdade.rsrsrsrs
Vou ler e reler o que vcs três escreveram para refletir a respeito.
abrassssssss